barca-velha-1955

Barca Velha: depois dos 100 pontos, a descoberta de uma safra desconhecida!

  • Luiz Cola
  • 03/maio/2017
  • 4 Comentários

Alguns grandes vinhos são cercados de mitos e histórias curiosas que acabam por torná-los ainda mais reputados e conhecidos. Assim aconteceu também com o Barca Velha, o mais célebre vinho de Portugal…

barca-velha-safras

No espaço de poucos dias, depois de alcançar mais um grande reconhecimento internacional ao receber a pontuação máxima (100 pontos) da revista americana Wine Enthusiast; o atual enólogo responsável por sua elaboração confirma algo muito mais inusitado: existe uma 19ª safra de Barca Velha (1955), desconhecida até mesmo dos proprietários da vinícola.

barca-velha-2008-100-points-wine-enthusiast

Durante os 65 anos que se passaram desde sua criação (em 1952) pelas mãos do enólogo Fernando Nicolau de Almeida, o Barca Velha registrava oficialmente apenas 18 edições (1952, 1953, 1954, 1957, 1964, 1965, 1966, 1978, 1981, 1982, 1983, 1985, 1991, 1995, 1999, 2000, 2004 e a “perfeita” 2008). Agora, depois de muita pesquisa nos arquivos da Casa Ferreirinha, finalmente o enólogo Luís Sottomayor veio a público para confirmar que a colheita de 1955 também produziu um vinho digno do rótulo “Barca Velha”.

A história por trás dessa incrível descoberta começou a ser contada um ano atrás, num delicioso artigo do jornal português Expresso, quando sequer havia a confirmação de que uma garrafa recém vendida para o comerciante de vinhos Tiago Paulo fosse considerada verdadeira. Uma história de mistério vínico finalmente desvendada!

Publicidade

4 COMENTÁRIOS

  • Jaime riba - 3 de maio de 2017 às 01:08

    São coisas que também acontecem a quem faz vinho por amor e paixão pelas coisas da terra. Sempre a pensar no que vem a seguir por vezes há coisas feitas que mesmo sem esquecê-las não vemos o tempo passar e um dia lá vem a surpresa. É assim que imos descobrindo privilégios de terroires que existem em muitas regiões para além da moda. E então quando expontaneamente partilhamos a obra do tempo revivemos histórias que alimentam os sentidos e desatam a língua numa partilha de sensações.

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 3 de maio de 2017 às 09:53

      Olá Jaime,

      Concordo plenamente com você!

      Abs,
      Luiz Cola

  • Tiago Paulo - 4 de maio de 2017 às 05:09

    bom dia
    bonito artigo, foi uma luta da minha parte para se apurar a verdade, seja ela qual fosse mas que teve um final feliz, com o reconhecimento de uma nova colheita deste vinho mítico. O vinho é cheio de historias e aqui esta mais uma para nos encantar a todos. um abraço

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 4 de maio de 2017 às 12:49

      Olá Tiago,
      Obrigado!
      Muito interessante a história do resgate e autenticação dessa safra “esquecida” de Barca Velha!
      Quando voltar a Portugal, espero ter oportunidade de visitar sua loja.
      Abs,
      Luiz Cola

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO