Três famosos vinhos chilenos recebem 100 pontos de James Suckling!

  • Luiz Cola
  • 26/maio/2017
  • 7 Comentários

Segundo o crítico James Suckling “nunca houve melhor momento para comprar vinhos chilenos como agora”! Ao longo dos últimos três anos ele avaliou quase 800 vinhos com sua equipe e chegou a conclusão de que a grande maioria deles eram ótimos, ou seja, dignos de merecer notas superiores a 90 pontos. Dentro desse primeiro grupo havia ainda um seletíssimo grupo de cerca de 40 vinhos excepcionais, aptos a receber 95 pontos ou mais.

james-suckling-chile-tasting

Para melhorar esse cenário, a relação qualidade x preço dos vinhos chilenos também é difícil de ignorar: eles custam no mercado americano entre US$ 15 e US$ 30, uma faixa altamente competitiva que briga com ótimos vinhos europeus e do próprio país.

E agora, em sua última avaliação de vinhos do Chile, James Suckling “encontrou” três vinhos considerados “perfeitos”, dignos de receber 0s raros 100 pontos! Os eleitos são velhos conhecidos dos enófilos de todo o mundo e figuram há bastante tempo entre os melhores vinhos do país: o Seña 2015, o Almaviva 2015 e o Clos Apalta 2014.

É claro que esses rótulos “premium” (como gostam de dizer os chilenos) tem preços de “gente grande” e custam acima dos US$ 100 nos EUA (e em torno de R$1000 aqui no Brasil), um valor equivalente ao de renomados rótulos franceses da Borgonha ou de Bordeaux, por exemplo.

Para quem gosta de notas, esses vinhos serão um prato cheio…

Fotos: jamessuckling.com

Publicidade

7 COMENTÁRIOS

  • Nilson Jose Guaragni Cesar - 27 de maio de 2017 às 11:24

    O James, chupa. Bons vinhos nada mais. Aliás, com 100 pontos nestes; e em muitos outros, até vou acreditar no retorno de Cristo e em Papai Noel.

  • Marcos Almeida - 25 de julho de 2017 às 15:10

    Irei a Santiago no próximo mês, mas em uma breve pesquisa (el mundo del vino, site) observei que o preço desses vinhos no Chile é somente um pouco mais barato do que no Brasil. Será que vale a pena comprá-los lá?

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 25 de julho de 2017 às 15:22

      Olá Marcos,
      Realmente os preços não estão muito convidativos por lá, especialmente para os “tops” chilenos.
      Eu te recomendaria um vinho em especial: Montsecano Pinot Noir 2015. Além de excelente, custa pouco (cerca de 100 reais por lá) e para mim é o que há de melhor no Chile hoje em dia.
      Mas se quiser mesmo os “tops”, sugiro o Sena e o Santa Rita Casa Real…
      Abs,
      Luiz Cola

      • Marcos - 25 de julho de 2017 às 17:31

        Muito obrigado pela atenção! Parabéns pelo blog.

  • RAFAEL MENDES LOPES - 7 de agosto de 2017 às 16:17

    Boa tarde, estou indo para BA em outubro, você poderia listar uns vinhos bons que não tem venda aqui.
    Grato
    Rafael

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 7 de agosto de 2017 às 16:45

      Olá Rafael,
      Seguem algumas sugestões que você poderá encontrar nas principais lojas de BsAs e que não costumam ser encontradas por aqui:
      Zorzal Porfiado Pinot Noir, Carmelo Patti Assemblaje e Cabernet Sauvignon, Tikal Locura, Miras Cabernet Franc e, é claro, os Lopez Montchenot 15 e 20 anos.
      Claro que além desses, você vai encontrar vários vinhos por preços muito melhores do que aqui. Vai depender somente de suas preferências… Boa viagem!
      Abs,
      Luiz Cola

      • Carlos Gardel - 3 de setembro de 2017 às 23:45

        Pima de Algodón. Mescla. Um dos melhores vinhos argentinos. Elegante. Não é fácil encontrar

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO