Cinema: “Back to Burgundy” retrata o drama da sucessão na região vinícola mais valiosa do mundo!

  • Luiz Cola
  • 11/set/2017
  • 0 Comentários

A Borgonha é uma região vinícola fascinante sobre diversos aspectos: desde a sua milenar trajetória de seleção e identificação de cada terroir estabelecida por monges católicos, até a mítica qualidade de seus vinhos baseados, sobretudo, na Pinot Noir e Chardonnay. Mas essa longa tradição e qualidade na produção de vinhos esconde um drama pouco conhecido por seus admiradores: a sucessão dessas valiosíssimas terras e, muitas vezes, do legado de um grande produtor.

 

O filme “Back to Burgundy” (ou “Ce qui nos lie”, no original francês), que acaba de chegar às telas do circuito internacional (mas sem previsão de lançamento no Brasil), foi realizado pelo cineasta francês Cedric Klapisch para retratar justamente essa questão: a herança de um valioso patrimônio de vinhedos para ser dividido por três irmãos. Porém, essa riqueza traz consigo um grande problema: os altos impostos cobrados pelo governo francês no momento da sucessão e algumas dívidas deixadas pelo pai. Como invariavelmente tem acontecido na vida real, os (potencialmente) ricos herdeiros não possuem o dinheiro para pagar essa conta (cerca de 500 mil euros), exceto vendendo as preciosas terras herdadas, que lhes renderiam algo em torno de seis milhões de euros. Uma escolha que em outros casos, seria bem fácil de fazer…

Ambientado no maravilhoso cenário da Côte d’Or (o coração vinícola da Borgonha), esse drama familiar acompanha as escolhas individuais e coletivas dos três irmãos (Jean, Juliette e Jérémie) com o objetivo de salvar o legado vinícola deixado pelo pai.

Assista o trailer e conheça um pouco mais dessa história:

Publicidade

0 COMENTÁRIOS

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO