oração sem sujeito

  • Lúcio Manga
  • 06/set/2014
  • 0 Comentários

 

ps. leia a coluna de hoje ouvindo explode coração / o que é, o que é? com bethânia, a maria.  acesse aí, vai: https://www.youtube.com/watch?v=7fXQo_DcmbA

 

havia um silêncio definitivamente marcante que se colocava por entre as ideias meticulosas e potentemente compensatórias que se colocavam por entre as palavras diretas em som desesperador sem audição que se colocavam por entre um pensamento, mas não havia voz… a razão comprometia-se demais com a emoção, naquela hora em que tudo era posto prova.

havia um inverno rabiscado de nuvens com poucas curvas que se acobertava por entre as mesmas pernas lisas e demasiadamente invasivas que se entrelaçavam por entre os desejos apimentados com algumas doses a mais de bebida que se permitiam por entre um amor, mas não havia mais… o erro comprometeu-se com a cabeça até quanto?

havia uma rusga derretida no canto do olho – um durex de lágrima – que se remoía por entre os caninos longos e selvagens e apontados – prontinhos – que se arrastavam por entre a saliva espessa e lenta que umedecia por entre uma saudade distante como a do ventre, mas não havia recordação… a imagem estava lá porque a foto é de câmera analógica.

havia um momento congelado endurecido petrificado que se confrontava por entre um piscar de olhos levemente traçado com sombra que se revelava por entre uma sensação pulsantemente incomodativa que se amolecia por entre manifestação de anseio, mas não havia gritos… o futuro falhará todas as lembranças de uma só vez… porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que t… há um silêncio que se coloca por entre as ideias que se colocam por entre as palavras que se colocam por entre um pensamento, mas não há voz… a razão compromete-se demais com a emoção, naquela hora em que tudo é posto a perder.

há um inverno que se acoberta por entre as mesmas pernas que se entrelaçam por entre os desejos que se permitem por entre um amor, mas não há mais… o erro compromete-se com a cabeça até quando?

há uma rusga que se remói por entre os caninos que se arrastam por entre a saliva que umedece por entre uma saudade, mas não há recordação… a imagem desaparece mais rápido quando a foto é de câmera analógica.

há um momento que se confronta por entre um piscar de olhos que se revela por entre uma sensação que se amolece por entre manifestação, mas não há gritos… o passado falha todas as lembranças de uma só vez… porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que tudo impeço? porque tudo é impessoal porque tudo é em pessoa, por que t… haverá que se colocará por entre que se colocarão por entre que se colocarão por entre, mas não haverá… a razão comprometeu-se demais com a emoção, naquela hora lá em que tudo estava sendo posto a perder.

haverá que se acobertarão por entre que se entrelaçarão por entre que se permitirão por entre, mas não haverá… o erro comprometeu-se com a cabeça de lá até o fim.

haverá que se remoerá por entre que se arrastarão por entre que umedecerá por entre, mas não haverá… a imagem desapareceu mais rápido que a câmera analógica.

haverá que se confrontará por entre que se revelará por entre que se amolecerá por entre, mas não há gritos… o passado falhou todas as lembranças de uma só vez.

([email protected])

Publicidade

0 COMENTÁRIOS

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO