o silêncio é covarde

  • Lúcio Manga
  • 14/abr/2018
  • 2 Comentários

leia o texto ouvindo après, com iggy pop… acesse aí: é preciso sempre dizer… a fala sinaliza que se está vivo, diante do mundo ao redor… nesse contexto, em que a vida em rede é capaz de fazer com que o todo seja menor que […]

sem liberdade, sem individualidade

  • Lúcio Manga
  • 26/mar/2017
  • 0 Comentários

leia o texto ouvindo dancy and days, com as frenéticas… acesse, vai: há buracos dentro da sociedade que escondem as liberdades de todas as pessoas, embora essas mesmas pessoas não sejam capazes de ver ou mesmo de perceber… e essa capacidade de falta de percepção […]

com pressa ou com vida?

  • Lúcio Manga
  • 30/dez/2015
  • 0 Comentários

leia o texto ouvindo fogo, com antunes, o arnaldo… acesse, vai: “um cigarro dura menos que uma estrela”… e embala o início da minha necessidade de escrever com lentidão… palavras em passo curto, curto nada não além de um mesmo canto, desde de sempre, desde […]

autopiedade não dá bilheteria

  • Lúcio Manga
  • 08/dez/2015
  • 6 Comentários

Leia o texto ouvindo metamorfose ambulante, de seixas, o raul… acesse, vai:   nesses tempos em que é melhor não ser, há uma força contrária e condicionante que ordena… seja! seja! seja!… mas, atenção, muita atenção… nunca seja você mesmo… a ressalva aparece nas letras […]

o encantador da serpente desigualdade

  • Lúcio Manga
  • 24/maio/2015
  • 8 Comentários

leia o texto ouvindo violência, com titãs, ouça e leia:   a tragédia do cotidiano está marcada pela irracionalidade. em uma sociedade como a nossa, em que se perde mais tempo ditando palavras odiosas do que, de fato, pensando sobre o ao redor, leva-se a […]

a crucificação das moças, pobres moças…

  • Lúcio Manga
  • 09/fev/2015
  • 0 Comentários

leia a coluna de hoje ouvindo it never entered my mind, de davis, a miles. acesse aí, vai:  o grande discurso sobre as coisas do mundo nunca me interessaram, pois são marcadas pela canastrice dos bons costumes… é o papo furadíssimo de que todo mundo […]