Conheça a origem do “legítimo” vinho Sangue de Boi! E eu que achava que ele era nacional…

  • Luiz Cola
  • 31/jul/2014
  • 49 Comentários

Bolyki Egri Bikaver, esse é o verdadeiro “Sangue de Boi”…

Quem nunca bebeu um copo de Sangue de Boi da vinícola Aurora, o mais tradicional vinho de garrafão feito no Brasil, que atire a primeira taça! Por outro lado, poucos de nós tiveram a oportunidade de beber o  vinho húngaro Bolyki Egri Bikaver, o legítimo “Sangue de Boi” de Eger (Egri Bikaver, em húngaro).
O “Sangue de Boi” original foi batizado assim em homenagem a uma lenda local sobre um episódio real ocorrido durante o cerco dos turcos à cidade de Eger no ano de 1552. Com o intuito de motivar a pequena guarnição de soldados responsáveis pela proteção do castelo da cidade, foram servidos à eles grandes banquetes, repletos de fartas porções de comida deliciosa e grandes quantidades de vinho tinto. 
O artifício parece ter sido bem sucedido, já que entre os supersticiosos soldados turcos começaram rumores de que a notável resistência defensiva se devia a mistura de sangue do touro no vinho tinto servido a eles, caso contrário, a forte resistência demonstrada pela cidade e pelo castelo de Eger não poderia ser explicada.
Elaborado com uma mescla de castas (Cabernet Franc, Blauer Portugieser, Blaufrankisch e Merlot), mas sem “sangue de touro”, o Egri Bikaver tornou-se o mais famoso vinho tinto da Hungria, produzido na mesma região vinícola no entorno da cidade de Eger, no norte do país.
Se você nunca viu a versão nacional, 
eis o nosso emblemático “Sangue de Boi”…

Publicidade

49 COMENTÁRIOS

  • ANTONIO RAMOS - 15 de abril de 2016 às 16:34

    quero comprar um garrafão, o que devo fazer?

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 15 de abril de 2016 às 21:10

      Caro Antônio, o Sangue de Boi pode ser encontrado em quase todo supermercado. Procure na sua redondeza que certamente irá encontrar. Já quanto ao gosto… rsrs.
      Abs,
      Luiz Cola

      • Jaime - 15 de outubro de 2018 às 18:03

        Faz o melhor ‘vinho quente’… certeza.

    • MARCO ANTÔNIO - 11 de maio de 2018 às 01:40

      É verdade que o vinho Sangue de Boi leva jabuticaba ?

      • Luiz Cola

        Luiz Cola - 13 de maio de 2018 às 11:16

        Olá Marco,
        Claro que não… O Sangue de Boi é um vinho simples, mas é feito apenas com uvas.
        Abs,
        Luiz Cola

  • André Varga - 10 de julho de 2016 às 22:06

    Como descendente de húngaros, conhecia a história do Bikavér (sangue de touro).
    Fiquei (fico) curioso mesmo foi com a origem do Sangue de Boi nosso aqui do Sul. Por acaso vc saberia?
    Grato. Abraço. 🙂

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 11 de julho de 2016 às 16:59

      Olá André,
      Não posso afirmar, mas presumo que a inspiração para o Sangue de Boi “nacional” foi a lenda do Bikavér. Se há outra motivação, eu desconheço.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Denise - 25 de julho de 2016 às 16:45

    Gostaria de saber se o sangue de boi é bom, pois tomei um vinho esse final de semana em cabo frio na adega galiotto, e até agora não sei qual foi, só sei que era bem doce, simplesmente adorei, só que no dia seguinte acordei com uma dor de cabeça do cão, não sei se foi devido ao vinho, pois só tomei uma taça, não costumo beber mais que isso.

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 26 de julho de 2016 às 10:33

      Olá Denise,
      O Sangue de Boi é um vinho popular e bem simples, nada mais.
      Quanto a sua dor de cabeça, ela pode ter sido provocada por diversos fatores, mas se formos associá-la ao vinho, pode ter sido causada pela desidratação decorrente do consumo de álcool (beba sempre água junto de bebidas alcoólicas), pelo uso de sulfito (conservante usado no vinho e em outras bebidas) ou ainda pelo uso de açúcar na “chaptalização” do vinho (método que eleva o teor de açúcar do mosto de uva para ser convertido em álcool pelas leveduras).
      Enfim, sugiro que evite esses vinhos “suaves”, fáceis de beber, mas difíceis de absorver… Foque na qualidade e menos no volume.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Claudio de Macena - 6 de outubro de 2016 às 09:23

    Olá Luiz Cola,

    Gostaria de receber links sobre as principais Vinícolas Brasileiras e outros artigos relacionados, trabalho na La Caves Adegas Climatizadas (Rio de Janeiro).

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 6 de outubro de 2016 às 10:23

      Olá Cláudio,
      Para obter as informações que deseja, basta digitar “vinícolas” e/ou “Brasil” no campo “pesquisa” no lado direto da página do blog.
      Qualquer tema mais detalhado poderá ser encontrado da mesma maneira.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Paul Ros - 20 de dezembro de 2016 às 19:11

    Gostaria de saber desde quando o garrafão do vinho Sangue de Boi e vendido no Brasil ?

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 20 de dezembro de 2016 às 22:29

      Olá Paul,
      Segundo o livro recém lançado sobre a Vinícola Aurora, a marca “Sangue de Boi” pertencia a Adega Suisso-Brasileira de São Paulo e foi comprada por eles em meados dos anos 1960. Desde então segue em produção pela Aurora.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Cleonice - 24 de dezembro de 2016 às 15:04

    Aqui na minha cidade tinha nao me lembro se era deposito ou frabricacao do sangue de boi meu vizinho trabalhou muito tempo la nossa eu tomei muito vinho e tenho ate uma foto com o garrafão na boca kkk meu finado pai tambem muito bom esse vinho minha mãe sempre comenta do vinho que vinho igual a esse nao tem nao acho mais aqui meu irmao me deu um garrafão bom tambem colonial acho que de Santa Catarina

  • Rogério - 28 de janeiro de 2017 às 21:45

    Olá Luis. Gosto muito do “Sangue de Boi” seco, brazuca.

    Dizem que os vinhos fazem bem a saúde. O “Sangue de Boi” seco é uma boa opção ? Se esse vinho, em particular, não faz bem, pode fazer mal ?

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 30 de janeiro de 2017 às 09:49

      Olá Rogério,
      O Sangue de Boi é um vinho bem simples, mas bebido com moderação, não vai fazer mal nenhum.
      Quanto aos benefícios à saúde, o resveratrol é o principal componente benéfico ao nosso corpo.
      Ele está presente em maior quantidade em vinhos feitos com varietais “viníferas”, o que não é o caso do Sangue de Boi.
      Independente disso, o hábito de beber uma ou duas taças de vinho diariamente, faz bem ao corpo e a mente humana.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Johnson - 30 de março de 2017 às 18:22

    Gostei muito dos comentários.

  • laisa - 2 de abril de 2017 às 14:07

    Olá!
    Gostaria que você me indicasse alguns vinhos mais saudaveis,para tomar diariamente com fins medicinais.

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 2 de abril de 2017 às 19:06

      Olá Laisa,
      Em tese, todos os vinhos, se consumidos moderadamente (até 2 taças por dia), são saudáveis para o nosso corpo de uma maneira geral.
      Se quer algo ainda mais são, procure os vinhos naturais ou orgânicos. Existem muitas opções que podem ser encontradas nas lojas perto de você.
      Pergunte aos vendedores e eles saberão orientá-la. Existem importadoras como a Garrafa Livre, que só trabalham com vinhos assim. Dê uma olhada no site deles na internet.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Sebastiao rocha - 18 de maio de 2017 às 14:16

    Ola tudo bem?!
    Gosto muito de vinho todo Natal quando mais jovem lembro de meu pai trazer semre um garrafao de sangue de boi seco. Dizia q o vinho seco tnha menos açucar q o suave portanto fazia menos mal para quem tinha pre diabets. Por exemplo. Tem a ver mesmo ?

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 18 de maio de 2017 às 14:24

      Olá Sebastião,
      Vinho “seco” significa que a maioria do açúcar natural da fruta foi convertido em álcool. O vinho “suave” costuma ser aquele com adição de açúcar de cana, seja para elevar o teor de álcool, seja para deixar açúcar residual nele. Certamente esse açúcar não faz bem para diabéticos. De qualquer modo, o ideal seria que você consultasse seu médico sobre incluir (ou não) o vinho em sua dieta.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Marcos - 6 de junho de 2017 às 19:34

    Parabéns pelas respostas, com excessão de um rs, não desprezou este vinho bastante consumido pelos brasileiros, em muitos casos, devido ao seu baixo preço. Eu particularmente gosto, mas gosto é gosto.

  • João Moisés - 12 de junho de 2017 às 21:38

    Tomei muito esse vinho ele vendia nos melhores supermercado da minha cidade é meu pai sempre comprava porém a anos eu nO vejo mais essa marca que marcou minha adolescência a joventude. Onde posso encontrar trabalho ló agora.

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 13 de junho de 2017 às 00:17

      Olá João,
      O Sangue de Boi ainda tem larga distribuição no brasil. Procure os locais onde os vinhos da vinícola Aurora são vendidos.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Rogelta - 2 de agosto de 2017 às 18:23

    onde é fabricado esse vinho?

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 2 de agosto de 2017 às 22:05

      Olá Rogelta,
      Está tudo explicado no post. Ele é húngaro!
      Abs,
      Luiz Cola

  • Junior - 12 de setembro de 2017 às 15:14

    Boa tarde tenho uma casa de bebidas e gostaria de trabalhar com os vinhos de vcs.
    Como fazo.
    Sou de SC Itajaí telefone (47) 996427331

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 12 de setembro de 2017 às 21:45

      Olá Junior,
      Eu não vendo vinhos, apenas escrevo sobre eles!
      Abs,
      Luiz Cola

  • Adão Pinheirinho - 28 de setembro de 2017 às 14:51

    Boa tarde Senhores.
    Comprei duas garrafas de vinho suave Sangue de Boi estes dias , e ambas ao final, ficou no fundo da taça algo como borra de café.
    O que é isso?
    Poderiam me explicar do que se trata?
    Aguardo uma explicação.
    Obrigado.
    41 3319 9985 ou 41 99987 1287

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 28 de setembro de 2017 às 16:55

      Olá Adão,
      Provavelmente são taninos, partículas sólidas que podem estar presentes num vinho que não tenha sido filtrado.
      Não há nenhum problema em consumi-los, salvo alguma turbidez que pode tirar a translucidez do vinho.
      Abs,
      Luiz Cola

  • WILSON - 1 de novembro de 2017 às 09:20

    BOM DIA, LUIZ.
    GOSTO MUITO DE LER SEUS COMENTÁRIOS, QUE MUITO NOS ORIENTA NA ÁREA DE CONHECER UM BOM VINHO.
    MINHA CURIOSIDADE É SABER SE AINDA EXISTE NO BRASIL O VINHO TUPY, QUE EU VIA MUITO NAS FESTAS QUANDO AINDA ERA CRIANÇA. ( ERA UM BOM VINHO? ) ABRAÇOS WILSON

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 1 de novembro de 2017 às 12:56

      Olá Wilson,
      Lamento dizer que desse Tupy eu nunca havia ouvido falar.
      Dei uma pesquisada e parece que a vinícola que o produzia se chamava “Videira”, de Santa Catarina.
      Um vinho branco, bem simples, feito de uvas Niágara.
      Foi apenas isso o que descobri…
      Abs,
      Luiz Cola

  • Marcos - 5 de novembro de 2017 às 13:10

    Certa vez um amigo tomou um garrafão de 5 L de Sangue de Boi seco sozinho. Eu só aguentei 3 garrafas de 750 mL, rs. Boas lembranças que só o mítico Sangue de Boi proporciona . Parabéns pelo site!

  • Adriano santos - 1 de maio de 2018 às 12:36

    Tenho duas unidades do ano de 1994 ainda lacrado não sei quando vou beber mais são unidades de 600ml

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 2 de maio de 2018 às 09:08

      Olá Adriano,
      Lamento dizer que não devem estar mais em condições de consumo.
      O Sangue de Boi é um vinho bem simples e que deve ser consumido de imediato.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Mariza de freitas - 17 de junho de 2018 às 10:04

    Parabéns pelas respostas, mesmo para as perguntas óbvias vc às responde com finess. Minha dúvida vc respondeu acima “sobre o resveratrol no vinho sangue de boi. Grata.

  • Alessandra - 5 de setembro de 2018 às 19:02

    Quais os ingredientes do vinho? Leva componente de origem animal?

  • GREGORY HARON ARAUJO PETRONILO - 8 de setembro de 2018 às 00:36

    Vinho otimo …. gosto demais…

  • Paulo Damaso - 13 de setembro de 2018 às 04:40

    Estive, pela primeira vez, lendo seus comentários que me deixaram saudoso pois o Precioso e o Sangue de Boi eram vinhos consumidos por meu pai e meu tio Cesário, ambos já falecidos há mais de 10 anos. Tentei , na época, apresenta-los às uvas Cabernet Sauvignon, C. Franc, etc mas em vão, acharam muito “rascante” e portanto de má qualidade. Não aceitaram e continuaram com aqueles que sempre conheceram. Fácil de entender, aliás na época também adorava esse vinhos. Ontem fui ao mercado e como sempre dei uma passada pelos vinhos e ,para minha surpresa, havia uma estante dedicada somente aos vinhos nacionais como Precioso, Sangue de Boi, Cantina São Roque, em garrafa e em garrafão.Não resisti e comprei uma garrafa do Precioso pois o Sangue de Boi só havia em garrafão. Estou procurando um parceiro que se disponha a consumi-lo comigo. Mas todo esse blá blá foi pra perguntar se você sabe a uva desses dois vinhos. Desconfio que seja a Isabel, o que acha? Desde já agradeço sua boa vontade.

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 13 de setembro de 2018 às 09:04

      Bela história Paulo! O vinho deve ser algo saudável e prazeroso. Se seus parentes estavam satisfeitos com o Sangue de Boi, não havia por que recriminá-los…
      Sim, o Sangue de Boi é produzido pela Cooperativa Vinícola Aurora com Isabel e outras uvas americanas não declaradas.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Paulo Damaso - 13 de setembro de 2018 às 04:50

    Ia esquecendo, muito boa sua historia sobre a origem do Sangue de Boi, também julgava ser de origem brasileira. Já publiquei no Face. Abçs.

  • Tania - 13 de setembro de 2018 às 10:24

    Olá, estou fazendo regime gostaria de saber se uma taça no jantar pode me engordar

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 14 de setembro de 2018 às 09:14

      Olá Tânia,
      Como toda bebida alcoólica, o vinho tem uma boa dose de calorias, mas tudo depende do padrão de regime que esteja fazendo.
      Se a dose de vinho for pequena (uns 90 ml), não creio que vá fazer uma diferença substancial.
      Abs,
      Luiz Cola

  • Renato Camurça - 14 de setembro de 2018 às 16:36

    Luiz Cola, caríssimo, não sei quem tirou essa estória de que o nosso poderoso “Sangue de Boi” dá dor-de-cabeça. Costumo tomar muito “Sangue de Boi” no final de semana (compro logo um garrafão de 5 litros) e tomo direto, chega domingo de noite só tem a metade do garrafão. É verdade que uma ou outra visita acaba reclamando, achando o vinho doce demais, mas é muito bom. Bem, Luiz, pode ser que não seja inclinado a ter dores-de-cabeça, mas como te falei, tomo direto e não sinto absolutamente nada.

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 14 de setembro de 2018 às 17:16

      Renato,
      A “dor de cabeça” não é um privilégio do vinho Sangue de Boi, mas de qualquer vinho com sulfito adicionado (conservante SO2).
      Mas esse problema só acontece com pessoas alérgicas ao produto, ok?
      Abs,
      Luiz Cola

  • Paulo Damaso - 21 de setembro de 2018 às 12:37

    Já combinei com uns amigos e vamos fazer uma fogueira regada à Sangue de Boi e Precioso. E claro batata doce, aipim, cará e melado e talvez uma canjica.

  • jaime - 15 de outubro de 2018 às 18:18

    Sempre achei que o nome fosse regional e pensei até que pudesse ser por causa do pássaro Tiê-Sangue, também chamado Tiê-Fogo ou Sangue-de-Boi, que conheci na música “Passaredo” do Chico.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO