Direto da Taça: Didier Dagueneau Silex 2009, um dos mais expressivos vinhos brancos do Loire!

  • Luiz Cola
  • 19/jan/2015
  • 1 Comentário

Silex 2009 (par Louis-Benjamin Dagueneau)
Se existem alguns poucos vinhos que podem pleitear o título de melhor sauvignon blanc do mundo, certamente o Silex produzido pela família Dagueneau no Loire está entre eles.

Produzido com uvas de um vinhedo situado no alto das encostas da vila de Saint Andelain, na parte mais elevada da denominação de Pouilly-Fumé, e apenas com uma seleção de vinhas plantadas onde há uma alta concentração de sílex, a típica pedra lascada que lhe empresta o nome, o Silex oferece uma extensa gama de aromas herbáceos, florais, agridoces e cítricos que vão evoluindo lentamente com o passar dos anos. Diferentemente da grande maioria dos vinhos feitos com Sauvignon Blanc ao redor do mundo, ele envelhece muito bem, atingindo seu apogeu após uma década de guarda.

Criado pelo lendário enólogo (e falecido precocemente) Didier Dagueneau, o Silex é fruto de um trabalho feito com extremo rigor para alcançar a excelência. Desde as vinhas que recebem cuidados diários e que passam pela poda verde para reduzir seu rendimento, até o amadurecimento feito nas peculiares barricas de carvalho (em forma de charuto) mais alongadas que o formato habitual.

Impressões de degustação:
Coloração amarelo verdeal bem límpida e cristalina. Aromas ricos de ervas, frutas como maça verde e lima da pérsia, notas calcárias (talco) e leve traço defumado. Paladar bem seco, mineral e com uma sensação “crocante”. Final de boca firme e muito duradouro. Bebido ainda jovem, promete ter um grande futuro pela frente. Outra garrafa só daqui uns 5 anos. 

Publicidade

1 COMENTÁRIO

  • Décio Pinho - 8 de janeiro de 2019 às 21:13

    Extraordinario vinho. Acjo a historia ludica e incrível

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO