Gibraltar vai abrigar a maior adega subterrânea do mundo!

  • Luiz Cola
  • 12/out/2015
  • 2 Comentários

Um ousado projeto de armazenamento de vinhos está em curso em Gibraltar, minúsculo território britânico localizado na entrada do Mar Mediterrâneo. Graças a um labirinto de túneis semi-abandonados com quase 50 quilômetros de extensão, escavados pelas forças militares britânicas durante a Segunda Guerra Mundial, o “Rochedo”, como também é conhecido Gibraltar, vai abrigar uma gigantesca adega em seu interior.

Vista panorâmica de Gibraltar

Testes científicos realizados nesses túneis revelaram que eles possuem as condições naturais ideais para o armazenamento de vinhos por um longo período de tempo: ausência completa de luz e vibrações, umidade na faixa dos 70 a 80% e temperatura constante entre 13 e 14ºC.

As estimativas dos idealizadores do projeto Gibraltar Wine Vaults calculam que será necessário investir 6 milhões de libras (quase R$35 milhões) para adaptar esses túneis em adegas naturalmente climatizadas. Ao final das duas fases previstas da construção a imensa adega deverá abrigar cerca de 850.000 caixas de vinhos (ou mais de 10 milhões de garrafas), tornando-a a maior instalação do gênero no mundo.

Crédito da fotomontagem: Core/Sax Rohmer Ltd

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

  • OPortuguês - 26 de abril de 2016 às 20:42

    Quantos km2 irá ter essa adega ? Porque se for apenas 50km podemos discutir o facto que a adega de Cracóvia (Moldávia) tem 100km .

    • Luiz Cola

      Luiz Cola - 27 de abril de 2016 às 08:47

      Olá O Português,

      A questão aqui não parece ser a “área” ou a “extensão” das adegas. Comparativamente, a adega da Milestii Mici tem capacidade para algo entre 1,5 e 2 milhões de garrafas. Veja no link: https://blogs.gazetaonline.com.br/vinhosemaisvinhos/2011/01/cidade-do-vinho-maior-colecao-de-vinhos.html
      Enquanto isso, a adega de Gibraltar terá capacidade para até 10 milhões de garrafas (5 vezes mais!), conforme as informações descritas no post sobre ela.
      Assim, ela é a “maior do mundo” em “capacidade”, mas certamente não em “extensão”.
      Abs,
      Luiz Cola

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO