Mais uma pesquisa sobre vinhos joga por terra o “mito” da sensação de mineralidade vinda do solo!

  • Luiz Cola
  • 13/out/2015
  • 2 Comentários

A questão da “mineralidade” é um dos temas mais polêmicos e controversos no que diz respeito aos vinhos. Uma nova pesquisa realizada na Espanha forneceu mais evidências de que a nossa percepção de características minerais num determinado vinho não está associada ao tipo de solo de onde vieram suas uvas.

Corte na “terra rossa” da região australiana de Coonawarra Valley

Apesar da associação entre o solo e o caráter mineral ser bastante arraigada entre alguns enólogos, especialmente na Europa, a maioria dos estudiosos do tema concorda que não há uma relação direta entre a absorção de sabores minerais de um determinado terreno e a videira plantada nele.

As novas descobertas fazem parte da segunda etapa de um projeto de pesquisa intitulado “Mineralidade nos vinhos”, realizado pelos empresas especializadas em análise de vinhos Excell Ibérica e Outlook Wine. Os resultados do estudo indicaram que a composição química dos vinhos, bem como sua percepção “mineral”, não estão diretamente ligadas aos minerais presentes no solo de onde as vinhas que os originaram foram cultivadas.

A análise concluiu que na verdade essa “mineralidade” é proveniente de uma série de compostos químicos voláteis derivados do metabolismo da videira, da fermentação gerada por leveduras e bactérias, e até mesmo por técnicas utilizadas na produção e amadurecimento do vinho.

O estudo concluiu também que aquilo que chamamos de “mineralidade” não está associado à presença de um ou dois compostos químicos, como seria de se esperar se eles tivessem origem nos minerais do solo, mas sim como o resultado de uma complexa mistura de compostos que, às vezes, nos proporcionam uma sensação olfativa e/ou gustativa de mineralidade.

Fonte: The Drinks Business

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

  • Machado Jr - 14 de outubro de 2015 às 10:04

    Bom dia Luiz Cola,
    Tive lendo alguns posts seus sobre a importadora ABFLUG e me interessou muito conhecer um pouco mais sobre a mesma. Tento entrar no site dela e não consigo. Esta importadora ainda funciona? E existe alguma forma de contato com ela que vc possa me passar?

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO