Mulher que brilha e inspira

  • Renata Rasseli
  • 18/mar/2018
  • 5 Comentários

 

A empresária Ana Paula Tongo (foto)  é a prova de que lugar de mulher é onde ela quiser. Diretora executiva uma empresa de engenharia e desenvolvedora de softwares para Planejamento e Gerenciamento de Projetos, ela foi Secretária Nacional Adjunta da Secretaria de Políticas para as Mulheres, do Ministério da Justiça e Cidadania, foi considerada uma das quatro melhores empreendedoras do país pela revista “Claudia” em 2013, e presidiu Cindes Jovem ES. Neste ano, o convite para ser embaixadora da Rede Mulher Empreendedora no Espírito Santo. Terceira entrevistada da série de perfis em homenagem ao Mês Internacional da Mulher, Ana acredita que a mulher avançou muito, especialmente, em relação à independência econômica e emocional. “O que devemos continuar lutando, ao lado dos homens, é pelo direito à cidadania de ambos. Não precisamos de guerra de gêneros”, diz a especialista em Engenharia de Produção.

 

Missão

Única capixaba a receber a Comenda Rio Branco em 2013, Ana começou sua carreira no Turismo, mas no último ano do curso, em 1998, descobriu a pesquisa. Seu projeto de final de curso, um software de agências de viagens e operadoras, fez com que ela mergulhasse no mundo da tecnologia de informação. “E me apaixonei”, completa. Em 1999, fundou a Bitável Tecnologia, ao lado do irmão, Flavio Tongo, um engenheiro eletricista. A missão da empresa, que desenvolveu um software pioneiro na América Latina, é reduzir riscos de atrasos, estouro de orçamentos, e baixa qualidade das entregas e acidente de trabalho em obras. “O software, o Bitgol 4D, permite fazer o planejamento e acompanhamento da obra em quatro dimensões”, explica ela, que pretende colocar o produto no mercado nacional.

Rede de mulheres
Workaholic, a empresária, que é filha de pai militar e mãe professora, está planejando sua atuação na Rede Mulher Empreendedora, que tem o objetivo de incentivar a autonomia econômica das mulheres. “Vamos fazer ações como, por exemplo, avaliar como as mulheres estão atuando no mercado de obras públicas e privadas, uma área que movimenta muito o nosso PIB”, diz ela, que desbrava um setor predominantemente masculino e onde a mulher é ainda vista como coadjuvante. Nas horas vagas, Ana Paula tem praticado ioga. “Estou amando. Faço na hora que dá, mas faço”, conta. Nascida no Morro da Capixaba, no Centro de Vitória, Ana venceu todos os desafios de uma mulher negra e vinda de família pobre. E hoje inspira tantas outras mulheres com muito brilho e competência.

 

PAPO COM RR

1. Não saio de casa sem: Rezar.

2. Abro um sorrisão quando: vejo o nosso software “Bitgol 4 Dimensões” sendo útil para pessoas e organizações.

3. Viagem dos sonhos: Japão e Antártica.

4. Viagem que virou realidade: Egito e Angola.

5. A música: “Trem Bala”.

6. O livro: “O que é Lugar de Fala”, de Djamila Ribeiro, e “Manual de BIM” (Building Information Modeling).

7. O filme: “A Cor Púrpura” e “O Homem que se Chama Cavalo”.

8. Festa boa tem: água e boa conversa.

9. Moda é: Você ser você.

10. O lugar do ES: Vila Tongo, em Praia Grande.

Publicidade

5 COMENTÁRIOS

  • Rita Garajau - 18 de março de 2018 às 14:40

    Parabens ! Ana Paula merece toda essa homenagem e visibilidade.Vc sempre acerta!!! Bj

    • Renata Rasseli - 17 de abril de 2018 às 13:54

      Ela é uma mulher especial!

  • monica zorzanelli - 18 de março de 2018 às 22:04

    Ficou demais essa entrevista!!! Ela é muito alto astral mesmo!!!

  • Ana Paula Tongo - 17 de abril de 2018 às 13:41

    Renata, sua linda! Obrigada pelo carinho e cuidado pela matéria! Os desafios são enormes e fico feliz de ter o carinho da imprensa para nos ajudar a transmutar estes desafios. Beijo grande!

    • Renata Rasseli - 17 de abril de 2018 às 13:53

      Viva!

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO